segunda-feira, 8 de agosto de 2011


Menos pela cicatriz deixada, uma ferida antiga mede-se mais exatamente pela dor que provocou, e para sempre perdeu-se no momento em que cessou de doer, embora lateje louca nos dias de chuva

3 comentários:

Rejane Bruck disse...

Obrigada por visitar e seguir meu blog! Estou seguindo o teu também!
Bj!

Vikah Suzart disse...

seguindo
amei seu blog

http://pstrawberrymake.blogspot.com/

Diva de Montalbán disse...

Dor doida, dor dolirida, dor sofrida, dor sentida.. tantas dores que podem estar na mesma cicatriz ;)
http://divademontalban.blogspot.com/