sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Porque te penso...

 Penso que tu mesmo cresces Quando te penso. E digo sem cerimonias
Que vives porque te penso.
Se acaso não te pensasse
Que fogo se avivaria não havendo lenha?
E se não houvesse boca
Por que o trigo cresceria?

Penso que o coração
Tem alimento na Idéia.

Teu alimento é uma serva
Que bem te serve à mão cheia.
Se tu dormes ela escreve
Acordes que te nomeiam.
Abre teus olhos, meu Deus,
Como de mim a tua fome.
Abre a tua boca. E grita este nome meu.

Hilda Hislt me embala nesta tarde de sexta

3 comentários:

BLOG DO XANDRO® disse...

Oi,amiguinha(achei legal seu blog),visite/siga o Blog do XANDRO
(meu blog para retribuir o carinho)vc vai gostar!;)

http://blogdoxandro.blogspot.com/

Mari ♥ disse...

Que poema lindo adorei

Beijo bom final de semana

http://marifriend.blogspot.com/
@Storieandadvic

Luciana Mira disse...

Boa tarde!

Vim aqui hoje pra dizer que meu blog mudou. Tive que fazer uma outra conta porque a minha antiga deu problemas com invasão de vírus. Aconteceu comigo e vários outros blogs.

Entao venho te convidar a seguir meu novo cantinho, o www.queiratocaroceu.blogspot.com

Estarei colocando posts do outro e mais novos também. Fiz também uma página do meu blog no Facebook,caso vocÊ tenha Facebook, você além de seguir meu blog, pode também curtir a página na caixinha do lado direito do blog.

Bom, é isso. Vou ficar super contente em te ver meu novo cantinho, então, não deixa de passar lá, ta?!

Beijos e boa semana!

Luciana Mira