terça-feira, 14 de junho de 2011

Poesias Soltas

 Esse poema foi feito por um amigo poeta de Salvador para esse Post aqui

                    POESIAS SOLTAS                         

 01/06/11

Se és louca afundo-me em tuas loucuras,
Sem sanidade e sem cura
Sandices à luz da lua,
Minha vida é minha e tua.
Se és pura perde-se em devasidão,
Leve-nos além da solidão,
Dê assas à languidos desejos
Que puro seja nosso beijo.
Se és moça vás e voltes mulher,
Quero oscularte do pescoço ao pé,
Quero apenas como virtudes
Toda a sua plenitude.
Sei quem és,
Sempre soube de tí,
Nem louca, nem pura, nem moça,
És apenas versos de poesias soltas.
 

Um comentário:

Paolla Bensuaski disse...

Oii ;')
estou passando pra avisa, que ficou pronto o especial " frases de filme" no meu blog..

daa uma passadinha, e comente ;)
beeeijos <3